Comunicação: atenção intermitente

Todos nós conhecemos a experiência de ter passado um tempo relevante no piloto automático enquanto simplesmente pensávamos na vida ao volante. Não nos lembramos bem do que ocorreu durante o caminho que fizemos ou se prestamos atenção aos sinais vermelhos. Simplesmente chegamos. Indo para o trabalho de São Paulo à Alphaville percebi que não me ...

Daltonismo emocional: meus amigos técnicos

Sou daltônico e portanto confundo algumas cores entre si. Não vejo o número 2 na figura. Não vejo nada ali. Tenho muitos conhecidos que parecem daltônicos emocionais e não enxergam emoções com nitidez. Eles reconhecem que algumas vezes andam por campos emocionais minados, vendados. Eles sempre repetem uma palavra: cansaço. Algumas pessoas extremamente inteligentes, predominantemente ...

PowerPoint: vivo ou morto

Está na moda em corporações satanizar o PowerPoint: o pobre software é culpado pela falta de preparo e técnica de quem os usa. É como criticar uma tela em branco pelo resultado final da pintura. Já ouvi mais de uma vez que determinada empresa tinha abolido o PowerPoint. Houve até comemoração. “Agora sim, vamos poder ...

Neuroapresentações: respeite a mente de quem decide

Testemunhei vários assassinatos de boas idéias e carreiras por desrespeito ao funcionamento do cérebro de quem decidia. Apresento um  caso dos mais interessantes pois é muito, muito frequente. Assisti um  executivo comercial  experiente apresentar para o chefe de seu chefe seu plano de ação para virar o jogo em sua região que apresentava resultados muito ...

Apresentações sensíveis: considere as emoções de quem decide

Vi isso acontecer em 16 países. Os apresentadores estão tão concentrados em dar “o seu recado”, vendendo ou se defendendo, que desconsideram as emoções de quem os ouve. De acordo com a neurociência, e minha experiência, isso é trágico. As duas perguntas que fazem toda a diferença antes da apresentação, e que pouquíssima gente faz são:1)   Quais ...

Apnéia corporativa

Neuroperformance: respiração para executivos Passamos muito tempo em modo de combate, aquela perspectiva armada e atenta que caracteriza boa parte dos executivos que conheço. Nesse estado queremos perceber qualquer ameaça com antecedência. Esse estado afeta nosso padrão respiratório. A respiração reflete nossos estados mentais. Pessoas tensas respiram de forma especialmente incorreta e produzem um estado ...

Neuronegociação: como você “pinta” a situação?

Você trabalha com pessoas que são especialistas em “pintar quadros desesperados” das situações? Aquela turma que costuma chegar na sua mesa com uma expressão semelhante  à do quadro acima? Cuidado, eles fazem mal a saúde e nos emburrecem. A obra acima, “O grito” , do pintor expressionista norueguês Munch, ficou mundialmente famosa por sua capacidade ...

Suas idéias estão em que lugar na fila?

Você busca prioridade. As empresas normais têm uma fila de projetos ou idéias que aguardam sua vez. Todos os dias pessoas lutam para conseguir a atenção para suas necessidades através de apresentações ou relatórios que visam tirar uma boa idéia do papel. Transmitir idéias é mais uma daquelas coisas fundamentais que a educação tradicional não ensina, ...

A arte de falar de pé sem desmaiar (por falta ou excesso de oxigênio)

Falar de pé (falar sentado por motivos misteriosos é muito mais fácil) para um grupo é tarefa que amedronta a maioria das pessoas. No entanto é uma atividade valorizada, importante e cada vez mais comum. Todo mundo tem sua hora usando o famoso PowerPoint. Há mais de 20 anos uso a oratória como uma das ...