Ele é do mal

Um bug mental clássico que afeta a todos tem a ver com nossa tendência de julgar as atitudes dos outros exclusivamente pelas suas intenções e não pelo contexto. Quando somos nós que estamos no banco dos réus a coisa se inverte e aí nossas atitudes são fruto da força das circunstâncias: nós somos caras legais ...

O bode na sala funciona?

Sim. Porque a mente é manipulada pela ordem dos fatos. O bode na sala consiste em uma péssima notícia que faz a má notícia que vem em seguida não parecer tão ruim. É claro que essa artimanha conhecidíssima na política existe porque nossa mente não avalia as coisas de forma isolada e sempre leva muito ...

Se você também gosta de Wish you were here…

  ... nós temos algo maior em comum? Usei esse hino do Pink Floyd que fará 40 anos em setembro para provocar uma reflexão. Todos sabemos que gostos em comum, não apenas musicais, fazem parte do repertório de aproximação entre desconhecidos. Não me sinto particularmente tocado caso uma pessoa diga que também gosta de pizza ou ...

Julgando vinhos e pessoas

54 alunos do curso de enologia da Universidade de Bordeaux confundiram vinho branco com tinto.  Foram enganados em famoso estudo científico e descreveram um vinho branco adulterado com corante vermelho como se fosse tinto. Confundir branco com tinto parece impossível para um especialista? Imagino que os participantes da pesquisa saíram mais humildes do evento. Os ...

Expectativas, vinhos e placebos

Em 1976 o mito da superioridade francesa em vinhos foi mortalmente atacado. Em uma degustação às cegas, onde os juízes não sabiam que vinhos estavam bebendo, a França, referência mundial e absoluta em vinhos por séculos,  perdeu feio contra um tremendo azarão. Vinhos californiamos absolutamente desconhecidos do público europeu suplantaram ícones franceses cuja produção data ...

Ser iludido é inevitável, saber que está iludido não

Esse teste foi desenvolvido em 1889. Os mais combativos vão medir os segmentos centrais e serão forçados a admitir que eles são iguais apesar de “enxergarem” que o de cima é maior. Curiosamente, um povo que mora em casas circulares, como uma oca ou cabana,  não sofre dessa ilusão no mesmo grau que nós. Essa ...

Autocontrole: um músculo que se cansa com o uso?

Há partir dos anos 90 um modelo psicológico interessantetornou o entendimento e gestão do nosso autocontrole muito mais fácil para a maioria de nós que não cursou psicologia. O autocontrole, nesse modelo,  é como um músculo, exige esforço e energia  a cada vez que o usamos. Ele se desgasta e precisa de treino. Nosso amigo ...

Não faça como o Hitchcock: em comunicação, vá direto ao ponto

É difícil encontrar profissionais que tenham o hábito de passar sua mensagem indo direto ao ponto. O formato pode variar de uma apresentação até um telefonema, não importa. Raras são as pessoas que escapam da armadilha de “contar a história antes” de dizer o que precisam. A dica de hoje da Harvard Business Review é ...

Mergulhei com o grande branco e fui vitima de viés confirmatório

Mergulhei com tubarões brancos há alguns dias na África. Fui vítima de um fenômeno tão comum quanto pouco reconhecido: o viés confirmatório. Um de nossos vários “bugs mentais”, esse consiste em enxergar apenas o que queremos ver.Acontece todo o dia com praticamente todo o mundo, com graves conseqüências. É humano ter uma opinião e partir ...

A conectividade dificulta o autoconhecimento?

Se concordamos que a base do autoconhecimento requer o hábito de monitorar o que vai dentro de nós e de checar ativamente os nossos próprios estados emocionais, que variam e distorcem nossa percepção e nossas decisões, temos um problema. As gerações mais recentes têm sido cada vez mais empurradas para a observação incessante do ambiente ...